Notícias
Mais notícias
Mais notícias
Alunos do curso de Engenharia Química criam empresa fictícia para produzir suco detox em cápsulas

Com criatividade e empreendedorismo, estudantes de Engenharia Química do Centro Universitário Franciscano projetaram a empresa Taste Mix. A proposta é a criação de cápsulas detox a partir de suco verde.

Como a produção do suco verde em casa demanda certo tempo, com as cápsulas, segundo o grupo, ele seria poupado. Os acadêmicos Matheus Severo Schalenberger, Cristina Bienert de Lima, Ana Paula Brandão Piloni e Vanessa Matte Cassol tiveram de pesquisar como se transforma algo líquido em sólido, no caso, o suco verde em pó, para formar as cápsulas. Descobriu-se, então, que essa transformação só era possível com o uso do Spray Dryer, equipamento que faz a secagem de líquidos por atomização.

Com auxílio de Ana Júlia Figueiró Dalcin, doutoranda do Programa de Pós-graduação em Nanociências, os estudantes utilizaram o equipamento do curso de Farmácia e que é bastante utilizado para a Nanociências. Só assim foi possível a criação das cápsulas em um dos laboratórios do Centro Universitário Franciscano. No primeiro semestre de 2018, o trabalho da Taste Mix terá seguimento. Os acadêmicos irão avaliar a funcionalidade e nutrientes do suco líquido. A partir dessas informações, a ideia é patentear o produto.

No trabalho do curso, os acadêmicos também planejaram a empresa, desenvolveram o produto, fizeram o marketing, financeiro, etc. “Planejamos tudo o que envolve a criação de uma empresa, desde o possível terreno a ser utilizado até a venda dos produtos”, explicou Matheus Severo Schalenberger.

Além da Taste Mix, foram desenvolvidas mais três empresas: Ecobulble, BioBela e Aromas e Sabores. A primeira estudou o reaproveitamento de óleo de cozinha utilizado em restaurantes de Santa Maria para a fabricação de sabão ecológico multiuso, com sabão líquido e em barra para limpeza pesada. A segunda fabricou shampoo antirresíduos, shampoo de jaborandi e condicionador de cabelos. Já a terceira, produziu
Sabonetes a partir dos resíduos de geleia de frutos orgânicos, como abacaxi, maracujá e morango.

De acordo com a professora Joana Bratz Lourenço, ministrante da disciplina, o intuito era que os alunos trabalhassem com questões de empreendedorismo, criatividade, relações interpessoais e a interdisciplinaridade entre os cursos do Centro Universitário Franciscano. “No próximo semestre, alguns grupos darão seguimento as ideias para aperfeiçoá-las e, se desejarem, colocar no mercado”, explica a docente.

9 de janeiro, 2018

ASSECOM - Assessoria de Comunicação
divulgar@unifra.br | 3220 1200 - Ramal 1296
Acesse - Comunicação