Notícias
Mais notícias
Notícias
Alunos do Mestrado Profissional em Saúde Materno Infantil realizam as primeiras defesas de dissertação

As primeiras defesas de dissertação do Mestrado Profissional em Saúde Materno Infantil foram realizadas na manhã desta terça-feira, 20 de dezembro. A aluna Simone Barbosa Pereira apresentou o trabalho: Implementação de boas práticas de atenção ao parto e nascimento em uma unidade obstétrica. “Estou lisonjeada por propor algo que vai impactar a prática do nascimento das crianças. O modelo obstétrico é referência de carinho, atenção e respeito com a mãe e o bebê”, pontou a então mestre, Simone Pereira, a qual pretende expandir sua atuação para regiões além do Rio Grande do Sul.

A coordenadora do Mestrado e orientadora de Simone, professora Dirce Backes, destacou que o Mestrado é fruto do trabalho desenvolvido desde 2012 por meio da residência em obstetrícia. “Conseguimos com o mestrado dar maturidade as pesquisas e aos resultados os quais apontam para a qualidade de vida do bebê e da mamãe. É uma área linda, e com ela segue o nosso compromisso em reduzir o número de cesarianas que ainda é feito no Brasil”, concluiu a pesquisadora.

Quem também defendeu seu trabalho foi a aluna Amália Lúcia Machry Santos, que escreveu sobre Violência Obstétrica: percepções dos profissionais de enfermagem acerca do cuidado, com orientação da professora Martha Helena Teixeira de Souza, Centro Universitário Franciscano.
A próxima defesa do Mestrado Profissional em Saúde Materno Infantil será dia 12 de janeiro, às 14h, sala 709 – Prédio 16, Conjunto III. Na oportunidade a aluna Larissa Spies Subutzki, defende a dissertação: Validação de construto teórico-prático sobre o processo de morte e morrer em unidade de terapia intensiva neonatal e pediátrica, à luz do pensamento complexo.



20 de dezembro, 2016


ASSECOM - Assessoria de Comunicação
divulgar@unifra.br | 3220 1200 - Ramal 1296
Acesse - Comunicação